quarta-feira, 14 de novembro de 2012

►Revista Contigo - Entrevista Completa de Robert Pattinson, Kristen Stewart e Taylor Lautner e dizem "A Saga Crepúsculo mudou suas vidas"


kristenstewart

Em quatro anos, a vida de Kristen Stewart, 22 anos, Robert Pattinson, 26, e Taylor Lautner, 20, virou do avesso. Na época do lançamento de Crepúsculo, em 2008, ninguém sabia que isso aconteceria. Tratava-se apenas de um filme independente baseado no livro de Stephenie Meyer. Mas ele se tornou um dos maiores fenômenos da história do cinema, gerando quatro sequências - a última, Amanhecer - Parte 2, dirigida por Bill Condon, estreia nesta quinta-feira (15). O final, claro, é feliz. Mais incerto é o futuro dos três astros, principalmente do casal Kristen Stewart e Robert Pattinson, que reatou o namoro depois da separação causada pelo flagrante de traição dela - Kristen foi fotografada aos beijos com o diretor Rupert Sanders. Nas entrevistas de que CONTIGO! participou, em Los Angeles, a atriz continuava com aquele seu jeito de garota real, meio esquisita.

Amanhecer - Parte 2, Kristen Stewart: ''Sou absurdamente famosa''


Entrevista com Kristen Stewart

Como lida com tanta atenção?
Hum... Bem, isso vai parecer tão básico: Se você começa a pensar na opinião das outras pessoas sobre sua vida, sobre a qual elas genuinamente não sabem nada, você vai viver uma existência muito desconjuntada, pouco satisfatória e horrível. Você provavelmente deveria se preocupar mais em como se sente em relação a si mesma. Parece um  clichê, mas é verdade.

O que mudou em sua vida antes e depois de Crepúsculo?
Sou absurdamente famosa. Acho que é a maior coisa (risos). Não posso andar mais na rua. Quando você é atriz, quer poder olhar todo mundo. Não dá para fazer isso quando todo mundo está olhando para você. Você não pode conhecer ninguém sem que  ele ou ela já a “conheça”. A pessoa sempre acha que a conhece. Mas tudo bem, também é uma lente interessante para ver o mundo. Só é diferente.

Acha que a atenção vai diminuir com o fim da saga?
Sim, vou fazer cirurgia reconstrutiva total (risos)... Sim, claro. Seria maluco achar que essa loucura se manteria por um período longo. É isso que torna este momento nas nossas vidas incrivelmente especial. É uma coisa passageira. E tudo bem que não posso observar as pessoas, mas também tenho um laço com milhões. E quantas pessoas podem dizer isso? Eu genuinamente sinto isso.

CONTINUAR LENDO>>



Você perdeu a pureza que uma atriz precisa ter? Acha que ficou mais desconfiada?
Acho que comecei assim. Mas eu me sinto 100% sem defesas, o que é bom para uma atriz. Mas na vida, você pode perder muita coisa se pensar demais...

Quais são seus sonhos e suas esperanças?
Muita gente passa este período da vida tentando descobrir o que realmente ama fazer. Eu descobri quando era tão pequena! Se eu conseguir manter essa paixão, poder me sentir assim para sempre, vai ser incrível.


Amanhecer - Parte 2: Robert Pattinson: ''o anonimato é um privilégio''


Robert Pattinson
Robert Pattinson

Há lugares públicos que você não pode ir?
Sim, muitos. Não posso nem andar na rua. É uma coisa estranha. O anonimato é um privilégio. Você não se dá conta até perdê-lo. É muito valioso. É impossível entender.

Qual seu lugar favorito que você precisou desistir?
Eu costumava ir a uma lanchonete fast-food para ler. Não sei... Uma das minhas coisas favoritas nos Estados Unidos são as ruas de comércio, os estacionamentos. Eu não sei o porquê. É tão alienígena para mim! Eu me sentava no estacionamento da lanchonete e tentava escrever roteiros. Eu sinto falta de estacionamentos (risos).

O que faz em seu tempo livre?
(Risos) Deus, não sei. Eu tenho uma mania estranha. Eu odeio e amo o trabalho. Sempre estou desesperado por outro trabalho, mesmo que tenha outro trabalho ou até mesmo quando estou no meio de um trabalho. Mas posso passar dias procurando no site IMDB o que cada pessoa que admiro está fazendo. Aí ligo para meu agente e pergunto sobre os roteiros. Eu mando centenas de e-mails só tentando estar por dentro das coisas. Eu fico satisfeito de estar bem informado.

Então você nunca relaxa?
Acho que quando eu ficar mais velho vou ter pressão alta (risos). Gosto de tocar música. Mas nem sei se realmente me relaxa.

Você fica permanentemente em Los Angeles? Vai muito para a Inglaterra?
Eu não vou tanto. A Inglaterra mudou muito desde que eu saí de lá. E muitos dos meus amigos nem moram mais lá. Mas é estranho. Trabalhei por tanto tempo que, quando você fica parado, parece que está apenas esperando para ir para o próximo lugar. Não parece que é sua casa. Mas eu sinto falta de Los Angeles quando não estou aqui. Acho que aprendi a gostar.

Se você precisasse ganhar 25 quilos para um papel. Você faria? Conseguiria engordar?
Claro que consigo. Ia depender muito do papel. Mas a ideia me parece muito atraente. Eu não acho que esses papéis existam mais. Não acho que as pessoas querem ver. Todo mundo fala como Christian Bale ficou magro para fazer O Operário. Mas ninguém viu o filme! É uma performance absurda, todo mundo comenta, mas ninguém vê o filme. Todo mundo adora quando o ator fica forte, mas ninguém respeita isso. É maluco! O que o Chris Hemsworth fez para Thor é absurdo, a vida inteira do cara virou aquilo. E é o que o torna crível  como Thor. Mas ninguém considera isso uma atuação respeitável.

Mas você parece ser bem esperto em suas decisões de carreira. Tem um plano definido?
Acho que é muita sorte. Água para Elefantes foi uma das únicas decisões em que pensei que era um bom passo na carreira. O resto foi que eu fiquei obcecado com um aspecto bem aleatório do personagem. Água para Elefantes parecia muito classudo, tinha umas 11 pessoas oscarizadas. Mas fora isso são coisas aleatórias que me atraem.

Amanhecer - Parte 2, Taylor Lautner: ''tirei a camisa um pouco mais do que deveria''


taylorlautner
Taylor Lautner

Como lida com o assédio?
Provavelmente tirei a camisa um pouco mais do que deveria na franquia. Mas nunca imaginei que esse assédio ia acontecer na minha vida. O que vi desde o convite é que tinha de trazer o personagem dos livros à vida e para isso precisei transformar meu corpo  da forma correta para interpretá-lo.

Kristen e Robert deram dicas de como se divertir no Brasil?
Teria sido ótimo, mas não. Só me disseram que se divertiram muito, que o lugar era lindíssimo, mas não me deram uma dica específica. Inclusive se você tiver alguma para me oferecer, será incrível, pois é uma fonte muito melhor do que eles.

Você gosta da comida brasileira?
Eu me lembro sem dúvida da caipirinha! Acho que da última vez que estive aqui, há três anos, eu comi feijoada e adorei! Adoro as churrascarias brasileiras, lá nos Estados Unidos eu vou o tempo todo e, quando finalmente cheguei aqui, fiquei animado para ir a uma de verdade.

As mulheres brasileiras são tidas como uma das mais bonitas do mundo. Deu tempo de ver as cariocas de sua janela?
Com certeza, são lindas! No Rio ainda não tive as oportunidade de ver (mulheres), mas há três anos atrás, em São Paulo, eu pude ver da minha janela, sim. Sem dúvida, fiquei muito impressionado.

Nos filmes da saga Crepúsculo você sempre mostrou um físico invejável. Pretende manter a malhação?
Acho que vai ser tipo a mesma coisa, mas de uma forma diferente. Quando eu estava filmando a saga, eu tinha de ficar grandão, mas agora emagreci bastante. Quero continuar saudável, forte, mas não preciso ficar todo musculoso, grandão. Não vejo necessidade disso.

Disseram que você é fã de Anderson Silva. Isso é verdade?
Eu gosto de MMA e sou superfã de Anderson. Não faço MMA, fazia artes marciais extremas, o que não era uma luta, era mais para espetáculo, mas eu sou fã do UFC.

Você gosta de esportes. Já pensou em praticar MMA?
Ah... Isso não. Gosto de lutas, mas acho que não tenho físico para isso. Agora, em vez de levantar peso, eu posso fazer mais repetições com menos peso. Faço mais treinamentos de esporte como basquete e beisebol do que a musculação em si.

Em família
Ninguém esperava outra coisa, mas, no fim da saga Crepúsculo, Bella (Kristen Stewart) e Edward (Robert Pattinson) são felizes para sempre com a filha, Renesmee (Mackenzie Foy), e Jacob (Taylor Lautner), agora protetor eterno da menina. O que mesmo os fãs mais hardcore dos livros vão notar é que há uma alteração em relação ao romance original de Stephenie Meyer: desta vez, acontece uma batalha sangrenta entre os Volturi, liderados pelo terrível Aro (Michael Sheen, que dá um show), e os Cullen, ajudados por vampiros do bem do mundo inteiro. Mas calma: não significa traição do espírito original, até porque quem escreveu a cena foi a própria autora. É diferente, mas não ofende. E pelo menos coloca alguma ação neste quinto filme.

FONTE 01/02/03//EternoTwilight



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindos ao Eterno Twilight, um site brasileiro totalmente dedicado à universo da Saga Twilight e a atriz Kristen Jaymes Stewart e Robert Thomas Pattinson.